Tecnologia Educacional - TE


1. A prática e o multiletramento

A área de Tecnologia Educacional na Stance Dual é fruto de uma equação que integra currículo pedagógico, formação docente e as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).
Alinhada às Diretrizes para a Alfabetização Midiática e Informacional da UNESCO e ciente das propostas inovadoras ao redor do mundo e da Base Nacional Comum Curricular, a área de Tecnologia Educacional faz a gestão do uso da tecnologia de forma a garantir a excelência na formação aluno para o uso ativo, crítico, ético e seguro das tecnologias, tanto no papel de consumidor quanto, e principalmente, no papel de produtor.
Na prática, isso se torna possível através do trabalho de gestão da tecnologia educacional envolvendo diversas áreas e propondo ações integradas, como a formação docente continuada, a segurança e a ética na internet, a alfabetização midiática informacional, o multiletramento e o empreendedorismo através da gestão de projetos. 
No que diz respeito ao currículo de Tecnologia Educacional (T.E.) da Stance Dual, há o compromisso com o dinamismo e ajuste de acordo com o desenvolvimento da instituição e seus agentes (professores, gestores, alunos e pais). A gestão da Tecnologia Educacional propõe constantes mudanças nos projetos mediante a evolução natural, fruto do trabalho de formação continuada em T. E. 

2. A proposta Stance Dual 

Para que este processo se torne uma realidade é necessário que, além do acesso às TIC, existam professores que atuem como estimuladores do diálogo e mediadores para o acesso à informação qualificada, ou ainda para que a informação disponível se transforme em conhecimento. Além disso, faz-se necessário um currículo flexível, que responda à rapidez das mudanças tecnológicas, o que justifica uma adequação da agenda de Tecnologia Educacional para que o conteúdo determine a ferramenta e não seja por ela determinado.
Portanto, não cabe mais pensar em um ensino meramente instrumental, atrelado a uma única disciplina e voltado ao estudo de tecnologias em si mesmo. São concepções e práticas pedagógicas convergindo e se apoiando em diversas mídias e fontes de informação.  Isso se torna possível a partir da divisão por áreas de atuação pedagógica direta:

a. Nas práticas integradas (EI, FI e FII): atuando diretamente nas disciplinas curriculares através da formação docente para o uso autônomo de diferentes recursos em sala de aula, na elaboração de projetos integrados à tecnologia e também com apoio técnico-pedagógico ao professor em sala. As práticas integradas se desenvolvem com metodologias ativas e com enfoque para o multiletramento. 

b. Nas disciplinas curriculares, em aulas semanais de Tools, Workshop e Design .
i. Tools (FI)
ii. Workshop (FII)
iii. Design (FII)