o contexto


A importância da utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na área educacional é indiscutível e necessária, seja no sentido social, seja no sentido pedagógico. É sabido que estamos inseridos em uma sociedade cada vez mais globalizada e cada vez mais isenta de uma distância virtual, o que permite um olhar para múltiplas perspectivas e realidades. A integração de saberes, a transdisciplinaridade, promove a educação de alunos críticos, tendo acesso a contextos globais e locais na construção do seu saber.  

Desse modo, é preciso pensar as TIC como um dos instrumentos para o desenvolvimento de competências e habilidades para as pessoas se prepararem de modo mais completo para as necessidades do mundo contemporâneo. Logo, indivíduos responsáveis e ativos na construção do conhecimento, que possam compreender, avaliar, usar, criar e compartilhar informações.  

Ainda mais desafiador do que pensar no futuro é perguntar o que esperamos de uma educação para o presente, quando o contexto atual é de uma cultura da convergência midiática e da participação, em que os usuários se transformam em produtores e o fluxo de dados e de informação se dá em diferentes suportes. 

Diante disso, urge a necessidade de se construir uma concepção de educação baseada em uma pedagogia contemporânea que tenha como princípio estimular, por meio de atividades desafiadoras, o protagonismo juvenil. Além disso, ela também deve propiciar oportunidades de buscar respostas para questões complexas com o desenvolvimento de trabalhos em equipe, privilegiar atividades a partir de aprendizagem baseada em projetos, com avaliação permanente e feedback, e claro, usar as tecnologias para pesquisa, interação, colaboração a fim de que se produza conhecimento.